Publicado em Dicas

Dicas de alimentação saudável para seus filhos

Uma pequena ajuda para fazer seu filho gostar de uma boa refeição saudável

Pequenos hábitos começam na infância. Muitos deles nos acompanham até a idade adulta e pode interferir em outras áreas, como a saúde. O hábito alimentar saudável é um bom exemplo. Em uma pesquisa publicada na revista Clinical Pediatrics, foi revelado que é nos primeiros anos de vida que uma pessoa aprende como se alimentar corretamente.

Os benefícios de se ter uma alimentação saudável são muitos. Encher seu filho dos nutrientes certos vai fazer com que ele cresça saudável e com vitalidade. Porém, fazer com que os filhos sigam essa alimentação correta não é uma tarefa muito fácil.

alimentacao-infantil-saudavel

Pequenos hábitos começam na infância. Muitos deles nos acompanham até a idade adulta e pode interferir em outras áreas, como a saúde. O hábito alimentar saudável é um bom exemplo. Em uma pesquisa publicada na revista Clinical Pediatrics, foi revelado que é nos primeiros anos de vida que uma pessoa aprende como se alimentar corretamente.

Os benefícios de se ter uma alimentação saudável são muitos. Encher seu filho dos nutrientes certos vai fazer com que ele cresça saudável e com vitalidade. Porém, fazer com que os filhos sigam essa alimentação correta não é uma tarefa muito fácil.

dicas-de-alimentacao-saudavel-para-seus-filhos-02

Muitos pais oferecem alimentos processados para as crianças, o que dificulta a criação de paladar, pois mistura sabores e aromas, além de interferir na aparência. Há também o problema das guloseimas, como biscoitos, iogurtes, doces, entre outros, que não trazem valor nutricional nenhum para a alimentação infantil.

Cuidar de uma alimentação saudável para crianças parece uma tarefa muito difícil. Mas com essas dicas você vai tirar de letra como manter seu filho saudável e com bons hábitos ou de como fazer uma reeducação alimentar correta, caso seja necessário.

Pontos importantes para uma refeição saudável

  1. Estimule o hábito do café da manhã

A refeição mais importante do dia precisa ser estimulada em todos os momentos da vida. Enquanto dormimos, passamos um longo período em jejum, onde o corpo consome energia acumulada para se manter funcionando. Ao acordar, os níveis dessas substâncias estão muito baixos e precisam ser repostos.

dicas-de-alimentacao-saudavel-para-seus-filhos-03

O café da manhã com comida saudável tem a função de repor essa energia. Além disso, estudos indicam que o café ajuda no controle da ingestão de alimentos no resto do dia. Por isso que ele precisa conter o cardápio nutricional de alimentos essenciais para essa reposição: Os carboidratos, como pães integrais e torradas, as proteínas, como queijos brancos e leite, além dos reguladores, como as frutas.

  1. Estabeleça horários para refeições

Outro ponto importante de manter uma rotina de alimentação saudável é manter horários fixos para as refeições, sempre considerando o sono do seu filho. Isso auxilia no metabolismo da criança e faz com que ela entenda melhor as sensações de fome e de saciedade. O ideal é montar um cardápio nutricional de seis refeições por dia: Café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia.

dicas-de-alimentacao-saudavel-para-seus-filhos-04.jpg

Porém cada pessoa tem um metabolismo diferente, então observe seu filho e monte a quantidade de refeições saudáveis a partir disso. Este planejamento auxilia até no controle de tempo dos pais, que podem se programar melhor preparar as refeições.

  1. Ofereça água para seu filho sempre, mas nunca nas refeições

Item importante na Educação Alimentar e Nutricional, sempre ofereça água para seu filho. Quanto mais novo, mais rápido a desidratação ocorre. A média recomendada é de seis a oito copos pequenos por dia. Sucos industrializados também são permitidos, desde que sejam diluídos em água, para reduzir a quantidade de açúcar no produto.

dicas-de-alimentacao-saudavel-para-seus-filhos-05

Porém, ofereça apenas depois das refeições. Nunca ofereça nenhum líquido enquanto ela estiver comendo. Ingerir bebidas, mesmo água, durante as refeições pode fazer com que seu filho se sacie mais rápido e coma menos, diminuindo a ingestão de alimentos saudáveis.

  1. Deixe a criança comer o quanto quiser

Pais têm a tendência de fazer pratos para os filhos com uma quantidade semelhante a sua, esquecendo que o estômago infantil tem uma capacidade gástrica muito menor. Isso pode fazer com que a criança se assuste ou até perca o apetite. Até os dois anos de idade, a criança já tem noção de quando está saciada e já começa a obedecer a ordem do organismo.dicas-de-alimentacao-saudavel-para-seus-filhos-06.jpg

Se os pais insistirem em que ela se alimente mais, ela pode fazer isso apenas por agrado e podem perder essa habilidade, podendo assim dilatar o estômago, tornando uma pessoa obesa. Para não exagerar, perceba por algum tempo como seu filho come. Assim, você perceberá o padrão existente na quantidade, para servir como guia.

  1. Evite as guloseimas

Alimentos sem valor na tabela nutricional de alimentos, como biscoitos, salgadinhos, refrigerantes e balas devem ser evitados sempre, mas principalmente nos dois primeiros anos. São alimentos de muito valor calórico e que não acrescentam em nada para o organismo.

dicas-de-alimentacao-saudavel-para-seus-filhos-07

Muitos contém aditivos químicos que são muito prejudiciais a longo prazo, pois podem elevar o risco de doenças como obesidade, diabetes ou hipertensão arterial. Um bebê criado com alimentação saudável vai perceber que sobremesa é fruta, não doce. Mesmo que depois tenha contato com produtos industrializados.

  1. Lugar de comer é na mesa

Além dos horários para as refeições, é necessário também que a criança seja estimulada a saber que aqueles momentos são prazerosos e não devem ter a atenção dividida com mais nada. Principalmente para as crianças mais novas, que podem prestar atenção nas texturas, nos sabores e, principalmente, aprender a identificar quando a fome acabou.

A TV é um dos principais problemas. Seu excesso de cores pode fazer com que a criança não preste atenção na comida, podendo até não comer nada. O correto é sentar-se a mesa junto aos outros familiares, a fim de fazer uma refeição saudável.

  1. Aprenda a cozinhar

Segundo alguns especialistas, um dos fatos mais importantes pelo qual as famílias comem mal é a falta de tempo e de disposição em cozinhar uma comida mais saudável. Problema mais recorrente na correria das grandes cidades, ele pode ser resolvido de maneira muito prática.

dicas-de-alimentacao-saudavel-para-seus-filhos-08.jpg

Divida o serviço entre os pais. Distribua as tarefas e organize tabelas de horários para que alguém seja o cozinheiro, em forma de revezamento. Existem livros completamente voltados para cozinheiros de primeira viagem. Além do mais, cozinhar é um prazer que deixa os pais mais conscientes sobre as vantagens de como se alimentar corretamente.

Seja criativo nas refeições

Crianças têm uma afeição muito visual a comida. Portanto use e abuse das misturas e dos desenhos na hora de preparar as refeições. Incentive-as a provar novos sabores, texturas e ver o que ela realmente gosta ou não.

dicas-de-alimentacao-saudavel-para-seus-filhos-09.jpg

Com os pequeninos, improvise nas papinhas, diversificando os ingredientes utilizados, mas sempre garantindo a entrega dos nutrientes necessários ao crescimento do bebê. Isto é importante pois, quanto mais seletiva este cardápio, maior as chances de ela começar a ser seletiva na adolescência.

  1. Faça uma refeição com seu filho

Crianças aprendem por imitação. Elas observam os hábitos alimentares, os trejeitos e outras características dos adultos a mesa e tentam imitá-los. Por isso é tão importante que os pais se organizem para ter, no mínimo, uma refeição com os pequenos.

dicas-de-alimentacao-saudavel-para-seus-filhos-10.jpgA criança começará a associar a hora das refeições com divertimento, relaxamento e prazer. Brincadeiras, conversas e, claro, uma refeição saudável com uma alimentação correta, só ajudam a ter uma educação alimentar e nutricional perfeita.

  1. Seja o exemplo

Porém, nada nesta lista será útil se não for aplicado em você também, papai ou mamãe que está lendo este texto. Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, 40% dos adultos brasileiros são obesos, o que prova que a má alimentação reflete nos pequenos. Não adianta um casal desregrado, que come sanduíche no almoço tentar ensinar o filho que ele deve comer frutas e legumes.

dicas-de-alimentacao-saudavel-para-seus-filhos-11.jpg

Se ele não presenciar a cena da família se alimentando corretamente, nada fará sentido. Para uma melhor modificação para hábitos saudáveis, é necessário que se faça isso controlando a partir da gravidez, com a alimentação da gestante. Uma mudança dessa magnitude geralmente é difícil. Mas renderá muitos frutos.

Com essas dicas qualquer papai ou mamãe estará pronto para ensinar seu filho os benefícios de uma alimentação infantil saudável e balanceada.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.