Publicado em Imprensa

Mamães Fitness: novidade para as grávidas!

gravida-fitness1Hoje em dia, com a facilidade de acessos a vários assuntos, um público que se identifica com esta praticidade, é o grupo de mamães, sejam elas novas na área ou com experiência.

Devido a muitas vezes tempo, condição financeira ou por praticidade, muitas acabam realizando os exercícios em casa. Mas atenção, a prática do exercício errado, pode levar algumas conseqüências as grávidas. Por esse motivo, listamos alguns passos para te levar no caminho certo!

Benefícios para a gravidez!

Manter o corpo ativo ajuda ainda a amenizar os desconfortos que a gravidez naturalmente traz como dor nas costas e inchaço, é importantíssimo para lidar melhor com a onda de hormônios e controla o surgimento de doenças próprias da gestação como a diabetes gestacional e a hipertensão. Melhora também a auto-estima e a qualidade do sono, aumenta a sensação de bem-estar e atua efetivamente no controle do ganho de peso.

Ao lado do fortalecimento muscular, se exercitar prepara fisicamente as mulheres para o parto, principalmente o normal, aumentando a elasticidade e ajudando a agüentar melhor as várias horas que o processo pode levar. Esta mesma disposição é muito bem-vinda para equilibrar melhor as mudanças na rotina após o nascimento do bebê e voltar à forma.

Ajuda a cuidar do bebê

Estudos comprovam que, o benefício da atividade regular da mãe chega ao feto. As principais são o aumento de oxigenação e a melhora do fluxo de sangue que ajudam na melhor formação dos órgãos, e há ainda menores chances de gerar um filho obeso e com diabetes.

Contra indicações

Geralmente é o médico quem libera ou restringe o exercício para a futura mamãe, desde a intensidade até quando a gestante pode malhar. Em alguns casos, os médicos até receitam que a grávida faça algum exercício, para evitar complicações na gestação.

Cuidado com os limites!

Equilíbrio é a principal recomendação na hora de se mexer durante a espera do bebê porque exercício de mais ou de menos trazem prejuízos por isso sempre conheça seus limites e o seu ritmo sempre! Entre os cuidados maiores, tome cuidado com as suas articulações, pois durante o período gestacional, o corpo produz um hormônio que deixa os ligamentos mais frouxos, e a chance de torcer o pé, tornozelo e punhos, pode ser maior. Atenção também a sua respiração. Ficar ofegante não é bom para a saúde, principalmente para o bebê, que pode sentir dificuldade para respirar. A mesma atenção serve para a freqüência cardíaca, que não devem passar de 170 batimentos por minuto.

Atenção a escolha dos esportes!

Na lista de modalidades proibidas estão esportes coletivos como vôlei e futebol, lutas em geral, surfe, stand up paddle, ciclismo, escalada ou qualquer outro que tenha risco de queda.

Anúncios