Publicado em Postagens

A importância dos pais no estímulo da inteligência emocional da criança

Os pais são o primeiro contato da criança com o mundo lá de fora, que tal entendermos um pouquinho mais sobre isso?

Pode se dizer que o aprendizado infantil é muito mais rápido que o de um adulto. Suas funções cerebrais são mais voltadas para este lado, de entender o mundo, o que está acontecendo ao seu redor, devido a fatores genéticos e ambientais. E os pais têm um peso importante nesse processo de aprendizagem, afinal, eles são o primeiro contato da criança com este mundo que a aguarda.

Diferentes dos animais, os seres humanos são muito dependentes dos pais durante os primeiros anos de vida. Demoramos mais tempo que os animais comuns para praticar funções motoras mais básicas, como caminhar. Ainda mais porque essas habilidades básicas estão completamente relacionadas à sobrevivência. Sem elas, somos apenas criaturas frágeis e indefesas. Por isso a importância dos pais na educação dos filhos.

A participação dos pode ser muito mais importante e essencial quanto se imagina, por meio de um método de ensino e aprendizagem infantil chamado estimulação precoce. Como o próprio nome já diz, consiste em desenvolver e potencializar as funções do cérebro do bebê, através de jogos, exercícios, técnicas, atividades e outros recursos, estimulando áreas como a criatividade e beneficiando seu crescimento pessoal, seja mental ou fisicamente.

Eles são o elo entre um cérebro voltado para o aprendizado e um mundo cheio de sensações, pois com seu apoio nos métodos de aprendizagem, esse é um processo que passará de maneira muito natural para a criança. E sim, existe um jeito de melhorar esse processo de aprendizagem! É isso que é a estimulação precoce faz. Ela acelera o processo, fazendo com que os bebês amadureçam melhor e sejam capazes de enfrentar qualquer situação.

Claro, sempre lembrando que cada um tem seu tempo e seu estilo de desenvolvimento dentro do processo de aprendizagem. Portanto, estimulação precoce não é receita de bolo, nem uma terapia formal. É apenas uma forma de orientação do potencial e das capacidades dos filhos. É preciso analisá-los e verificar seus pontos fracos, de modo a abrir um leque de oportunidades e experiências de forma natural.

Como estimular o bebê? E com qual idade?

Praticar a estimulação precoce é uma decisão completamente pessoal. A decisão de colocar este método de ensino em prática ou não depende única e exclusivamente dos pais. Porém, a decisão precisa ser tomada rapidamente, pois a flexibilidade para aprendizagem e desenvolvimento do cérebro vai diminuindo com a idade.

Especialistas dizem que esse período de flexibilidade, tempo em que o

desenvolvimento neural está mais ativo é até os três anos de idade. Dessa idade em diante, o desenvolvimento vai diminuindo até que some completamente aos seis anos, quando as conexões neurais estão completamente formadas, fazendo com que o método de ensino e aprendizagemdas crianças seja parecido com o dos adultos.

É necessário salientar que todas as crianças passam por momentos de aprendizado diferentes em momentos diferentes. Por isso, é necessário entender as necessidades e dificuldades, pensando em métodos de ensino infantil voltados exclusivamente para ela, que completem seus anseios e fortaleçam sua auto-estima. Este momento é de extrema importância, pois a estimulação que o bebê recebe vai moldar o seu aprendizado e desenvolvimento no futuro.

Mas por que tanta importância?

Não é apenas para a criança que o aprendizado infantiltraz bons frutos. Alguns educadores dizem que esses benefícios podem ser estendidos para a sociedade e ate para a economia.

O economista norte-americano James Heckman, por exemplo, criou uma série de métodos para avaliar programas sociais e de educação. Segundo ele, esta educação da primeira infância é o primeiro investimento social possível. Então, quando menor a idade, mais alto será o retorno. Ele ainda aponta em sua teoria que crianças  estimuladas desde o berçário tem mais chances de possuírem rendas mais altas e muito menor de se envolverem em problemas sociais, como vícios, evasão escolar entre outros.

Por isso a importância dos pais na educaçãoe na estimulação precoce para a inteligência emocional e cognitiva. Quanto mais cedo, melhor o resultado da interação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.